Image

A Arábia Saudita é internacionalmente reconhecida como um país que viola a liberdade religiosa em razão do fundamentalismo islâmico, que não permite a manifestação em público de outra religião, apesar disso, existe ainda além dos 92,83% de mulçumanos, 4,54% de cristãos; 0,60% de hinduístas